sábado, 1 de dezembro de 2012

Resumo do Livro Caminho a Cristo de Ellen G. White









Deus nunca pede que creiamos sem que nos de suficientes provas sobre as quais possamos alicerçar nossa fé. Sua existência, seu caráter e veracidade de sua palavra se baseiam em testemunhos que falam a nossa razão, e esses testemunhos são numerosos. Apesar disso Deus nunca removeu a possibilidade de dúvida. Nossa fé deve-se basear em evidências não em demonstrações. Os que desejam duvidar terão a oportunidade de fazê-lo enquanto os que realmente desejam conhecer a verdade poderão encontrar muitas provas para apoiar sua fé.
É impossível para mentes finitas entender de maneira, plena o caráter das obras daquele que é infinito. Para intelecto mais esclarecido e a mente mais educada o santo ser ainda será um mistério. O apóstolo Paulo exclama; ó profundidade da riqueza tanto da sabedoria como os do conhecimento de Deus! Ao compreender sua conduta para conosco e os motivos que os levam a agir podemos ser levados a um infinito poder. Podemos entender seu propósito na medida do necessário e para o nosso próprio bem. Quanto ao mais devemos confiar no onipotente e no coração repleto de amor.
A palavra de Deus assim como caráter do seu divino autor apresenta mistérios que jamais poderão ser plenamente compreendidos por serem finitos. A entrada do pecado no mundo, a encarnação de Cristo, a regeneração, a ressurreição, e muitos outros assuntos apresentados na bíblia são mistérios pro demais profundos para a mente humana explicar ou mesmo entender plenamente.
Não temos, porém razões para duvidar da palavra de Deus, pois não entendemos os mistérios de sua providência. No mundo natural somos constantemente cercados de mistérios que não conseguimos desvendar. Por toda parte, há maravilhas que estão a nos surpreender ao vermos que no mundo espiritual também existem mistérios que não podemos desvendar. A dificuldade está na debilidade e na pequenez da mente humana. Deus nos deu nas escrituras provas suficientes de seu caráter divino e não devemos duvidar de sua palavra pelo fato de não podermos compreender todos os mistérios de sua providência.
Ao criar a terra, Deus criou o homem perfeito e feliz, não havia pecado e nem sombra de maldição, mas com a desobediência veio à morte e o sofrimento.
Mas apesar de caído, o mundo não é totalmente desgraça e miséria, em cada detalhe da natureza podemos ver o Amor e o cuidado de Deus por cada um de nós. Amor tão imenso que foi capaz de dar o único Filho para morrer pela humanidade, pois o inimigo de todas as formas tentou demonstrar que Deus não existe e sempre está procurando algo errôneo no ser humano para julgá-lo.
A vida de Jesus retratada aqui na terra foi de Amor e dedicação para com Seus semelhantes, os humildes e as criancinhas gostavam de se aproximar Dele para ouvir suas ternas palavras. Ele veio ao mundo e sentiu quão terrível era a separação causada entre Deus e o homem, Jesus viu e sentiu tudo o que o pecado havia causado, mas depois de sua morte podemos novamente ser chamados de filhos de Deus.
E quanto mais estudarmos sobre o seu caráter, mas aprenderemos sobre a grandiosidade desse Amor e o cuidado que Ele tem por cada ser humano, mesmo que eles o rejeitem.
Para que o ser humano alcance misericórdia, é necessário que elese arrependa de todos os seus pecados, Deus não pede mas que isso, e os que não humilharam o coração perante Ele não cumpriram aquele arrependimento completo e definitivo.
Além do arrependimento, é necessário que haja mudança na vida do ser humano e renúncia de tudo o que ofende a Deus. Quando o pecado toma conta da vida da pessoa, ela já não consegue mas enxergar o mal, nem mesmo os próprios  defeitos de seu caráter, tudo para ela tornou-se normal e comum, seu arrependimento e suas confissões já não são mas verdadeiros.
O arrependimento que é verdadeiro não tem justificativas, a pessoa por si mesma assumirá sua culpa e reconhecerá quão terrível é o pecado e as conseqüências que ele pode causar, uma delas é a separação entre Deus e o homem.
Sendo assim, o coração humilde e arrependido enxergará e apreciará o Amor de Deus reconhecendo que a morte de Seu Mestre não foi em vão.
Quando a consciência do for humano é despertada, aos poucos ele começa a entender o mal que o pecado pode causar. Após reconhecer quão terrível é o pecado e a separação que é capaz de causar entre Deus e o homem é necessário que o homem encontre paz, a paz é um dom da graça oferecido por Deus, é algo que o dinheiro não pode comprar e a sabedoria não consegue alcançar.
Ao confessar os pecados a Deus e realmente ter se entregado, o ser humano tem que ir a Ele, pedir-Lhe que lave esses pecados e conceda um novo coração que esteja disposto a obedecê-lo, amá-lo verdadeiramente e crer que assim o fará, pois Ele prometeu.
Na Bíblia podemos ver relatos de pessoas que tinham fé no Poder de Cristo, e depositava toda sua confiança Nele, um desses belos exemplos é de quando Cristo curava os doentes, é importante notar e aprender o quanto eles creram em cada milagre realizado.
Por mas que ainda não haja santidade no coração do homem, Deus promete fazê-lo, e isso só acontecerá se o ser humano permitir; e a medida que o homem se aproxima do Seu Criador, em arrependimento e confissão, Ele se aproximará com misericórdia e perdão.
O Espírito Santo age no ser humano da mesma forma que o vento sopra, ou seja, ninguém percebe, é através dele que cria-se um novo ser, uma vida nova á imagem de Deus.
Quando o Espírito Santo começa a agir, seus efeitos podem ser percebidos, pois, a pessoa começa a testemunhar e tem sua vida transformada, seu comportamento começa a ser mais claro e positivo, sua vontade é de ter influência para os outros.
Sea imagem de Cristo refletir em nossas vidas, nossos pensamentos estarão com Ele e todas as coisas que possuímos serão consagrados a Ele.
Com a mudança que ocorrer os frutos do espírito começarão a ser produzidos, aqueles comportamentos passados já não fazem falta, onde pisar refletirão o caráter de Jesus, a vaidade, o orgulho, a arrogância, já não existem, o cristão não procura a beleza exterior e sim interior.
O verdadeiro arrependimento só pode ser notado a partir do momento em que há uma reforma e uma restituição de todas os pecados, através desse momento o peso torna-se leve, pois o jugo que Cristo impõe é suave.
A pessoa transformada por Cristo irá admirar o Seu caráter, ao sentir-se desamparada ansiará por Jesus, e sentirá que há necessidade de estar na presença do Pai, estudará a palavra, assim, poderá ter a visão do verdadeiro Amor de Cristo e refletirá sua imagem.
Através da criação podemos ver a revelação de Deus por cada um de nós, e somente as pessoas que realmente se encontram em comunhão com Deus são capazes de perceber e impressionar-se com o amor e glória de Suas obras, a criação por completa nos convida a conhecer mais dAquele que nos criou.
Suas obras foram criadas para que o ser humano se alegrasse na simplicidade de toda essa beleza terrestre, e assim como Ele devemos cultivar um caráter puro e simples. Ao atentarmos para tão lindas obras poderemos aprender muitas lições, tais como obediência e confiança, ao observá-las notaremos que todas obedecem ao Criador.
Ele cuida de cada filho seu, seja rico ou pobre, cada passo que é dado, cada lágrima derramada Deus percebe, nada acontece sem sua permissão. As coisas seriam muito diferentes se acreditássemos mas em Suas promessas, e se entregássemos nossas ansiedades em suas mãos não teríamos tantas decepções e poderíamos encontrar a tranquilidade que muitos procuram.
Através de Sua palavra podemos aprender mais sobre a revelação de Seu caráter, como Ele trata Seus filhos e experiência maravilhosa dos patriarcas e profetas que viveram antes de nós, eram homens sujeitos as mesmas paixões e que tinham tentações, mas pela Graça de Deus conseguiam vencer.
Ao lermos acerca dessas experiências, sentiremos o desejo de ser semelhantes a eles no caráter e no andar com Deus. Somente com o estudo da Palavra é que teremos uma mente mais aberta, nobreza no caráter e firmeza no propósito, e isso são coisas pelas pessoas nos dias de hoje. A Bíblia é um livro poderoso, e somente nela poderemos elevar nossos pensamentos a Ele e adquirirmos sabedoria.
Quando o coração é transformado, há um novo nascimento, este nascimento é comparado ao desenvolvimento de uma semente plantada pelo lavrador. Aqueles que se convertem a Cristo devem desenvolver essa nova amizade para que cresçam até a estatura de homens e mulheres em Cristo Jesus, e assim crescer e produzir novos frutos.
Somente se o ser humano permitir, é que a vida espiritual será gerada em seu coração, vale ressaltar que o novo nascimento só terá vida se Deus estiver no centro de tudo, os frutos serão produzidos se Criatura e Criador estiverem diretamente ligados, é como Ele mesmo diz em sua palavra, sem Cristo não podemos fazer nada.
Somos todos dependentes de Deus, sem Ele a vida é nada, é tudo ilusão, como os brilhantes raios ajudam a desenvolver a beleza e simetria de uma flor, assim devemos desenvolver-nos para o Sol da Justiça, a fim de adquirirmos o Seu Caráter em nossas vidas.
O crescimento na graça só dependerá do crescimento que estiver em Cristo, ninguém pode fazer nada sozinho, a comunhão com Cristo é impreenscídivel, Ele deve ser o primeiro e o último e estar presente em todos os momentos.
Com Ele a vida é de descanso, existe uma serena e constante confiança, Ele é a única Esperança, é importante lembrar que o “eu” não deve estar presente nunca, em todos os momentos o único pensamento que deve estar centralizado é o de Cristo, somente amando e permanecendo Nele é que haverá um crescimento em Cristo.

Um comentário: